Ponto GG: O que é Chair Dance? | Dicas de Sexo Para Gordinhas

11d2c8fd72c240172e999087c9fd7d99

Migas, vocês já ouviram falar em Chair Dance (também conhecida como Lap Dance, Dança do Colo ou Dança da Cadeira)? Se você ainda não conhece, quero apresentá-la!

Trata-se de uma dança muito sensual e poderosa! Foi criada nos cabarés franceses dos anos 30. Realizadas como arma de sedução, sempre foi associada com boates e casas de shows.
Hoje em dia há muitas academias que oferecem aulas de Chair Dance, pois estimula o ego e aumenta a autoestima, além de ser um excelente exercício físico. Sabe por quê? Aprendemos a ter consciência corporal e descobrimos o movimento ou a posição que nos faz sentir bem… e isso, com certeza, influencia na nossa autoestima, na nossa postura e no nosso sex appeal.

tumblr_nhki13R7Rm1slrxpbo1_500

Gabby O. – Pole/Chair Dancer

Mas aí vocês devem estar pensando se gordas conseguem fazer esse tipo de dança, né?! Mas é claro que conseguimos! Nós podemos aprender qualquer tipo de dança, inclusive as eróticas, como Pole Dance, Strip Tease e a própria Chair Dance. Basta ter foco e acreditar na sua capacidade! Tudo é possível!

 

Além desse benefício à nós mesmas, essa dança pode nos trazer outros prazeres, juntamente com nossos parceiros. Aplicar as técnicas e conhecimentos com o parceiro (ou parceira) é maravilhoso! Vira uma brincadeira erótica que vai atiçar a imaginação dos dois, pois mexe com instintos, o visual e a sensualidade.  Por isso, pode ser um ponto muito positivo quando se trata de sexo. Alguns movimentos da Chair Dance são inspirados em movimentos realizados no ato sexual, sendo muito utilizado também, movimentos sinuosos e pélvicos.

Mas, afinal, como é essa dança?

É uma dança sensual utilizando uma cadeira. A dança pode ser feita de acordo com a finalidade que você quiser. Por exemplo: pode ser apresentada para seu parceiro, para um publico masculino ou para nenhum espectador, sendo apenas para você mesma… O que a Chair Dance traz é muita sensualidade e o despertar do poder feminino, aquele que muitas vezes fica adormecido e que muitas mulheres nem sabem que possuem.

Para ter uma postura sensual, SINTA-SE. Ponha o peito pra fora, assuma um alterego, talvez como a Beyoncé (que usa muito a Chair Dance em suas coreografias). No começo, você pode não se sentir tão natural, mas isso é normal, afinal, é um momento de descoberta, um novo papel a ser desabrochado e externalizado.

70496190fef70d4d52614a67f5ef6a72

Ginger Slap – Burlesque Chair Dancer

A dança pode ser feita em qualquer cadeira, porém alguns fatores devem ser levados em consideração, como o peso da cadeira. Cadeiras mais pesadas são melhores, pois te dão mais segurança. O tipo da cadeira também é importante na hora de fazer a apresentação da dança pra um parceiro. Uma cadeira de plástico não ficaria muito legal.

Você também pode melhorar isso, dançando em volta de uma cadeira em que alguém esteja sentado. E é justamente neste ponto que eu quero chegar! Eu não vou ensinar a vocês as técnicas da Chair Dance, pois não sou professora e não tenho nenhum conhecimento aprofundado. Se você quiser aprender, procure uma academia que ofereça esse curso e você não irá se arrepender.

Mas hoje, eu quero mostrar pra vocês uma forma de seduzir o boy, usando um pouco dessa dança!

Você vai precisar de:

  • Uma música arrasadora, com uma batida beeem sensual e que faça você se sentir poderosa e gostosa (eu gosto da Dance For You, da diva-maravilhosa-arrasadora Beyoncé). A escolha da música é importante, pois precisa marcar o momento. Assim, toda vez que seu parceiro ouví-la, se lembrará de você dançando para ele;
  • Obviamente, é necessária uma cadeira (derrr);
  • Lingerie e salto alto, de preferência. Mas você pode usar o que achar mais sensual no seu corpo;
  • E o principal: uma mulher de atitude e extremamente sexy, no caso, VOCÊ monamour!

Agora, peça para o seu parceiro sentar na cadeira. Se ele estiver nu, melhor ainda! Mas se preferir, pode ser de cueca mesmo, assim você poderá arrancá-la de forma bem sensual. Você vai dançar ao redor da cadeira com o intuito de provocá-lo. Nesse caso, você não precisa ser uma expert em Chair Dance, nem precisa fazer passos coreografados. Abuse da sensualidade, esfregue-se nele, rebole os quadris e desfile a sua volta.

Proíba o toque de mãos, para ficar mais interessante. Você pode amarrá-lo usando um lenço, algemas ou até uma calcinha sua. Não poupe olhares, a sedução mora nos seus olhos! Faça expressões de desejos e não tenha vergonha de olhar fixamente para ele! Com certeza ele estará louco de desejo por você. Mas se rolar aquela timidez de fazer carão olhando para ele, a dica é mirar num ponto invisível no meio da testa dele, assim vai parecer que estará olhando para ele. Nada que substitua uma boa encarada olhando diretamente nos olhos. Você consegue!

tumblr_n1v6kueSPp1rkbqc6o1_500Vá tirando a sua roupa e jogando as peças longe. No início, procure ficar afastada dele, só provocando. E depois se aproxime e use as mãos, os seios, a boca, a virilha, bumbum e pés. Morda, beije, arranhe com as unhas e assopre. Brinque com os sentidos dele, como uma tortura erótica. Fique por trás do parceiro e percorra com suas mãos pelo corpo dele, sem que ele te veja. Sentir é a palavra de ordem!

Para provocá-lo ainda mais, rebole! Sente no meio de suas pernas e esfregue os seios e virilha nele. Não preciso descrever muita coisa, né?! Você sabe do seu poder de sedução e com certeza sabe provocar o seu parceiro. Use a criatividade!
Você poderá soltá-lo a hora que você quiser, e só então ele poderá tocá-la.

No mais, fica por conta de vocês. Espero ter te estimulado um pouquinho para esse fim de semana. 3:)

Aproveite o poder que você tem!

Por fim, vou deixar um vídeo de uma gordinha dançando Burlesque Chair Dance (como era feita nos cabarés), para vocês se inspirarem e verem que somos capazes de dançar e sensualizar SIM!

Linda e super sensual, né?!
Se as migas de São Paulo toparem, podemos fazer aulas de Chair Dance juntas em alguma academia por aqui. O que acham? Eu tô super afim! Me procurem❤

Beijo da Spitz!

Aline Spitzer
ME SIGA NAS REDES SOCIAIS:
social_facebook_box_blue https://www.facebook.com/spitzeraline/
instagram 
@srta.spitzer
black-twitter-logo-transparent @linespitzer

Por que eu não sou blogueira de moda? | por Aline Spitzer

tendencias

O post de hoje é quase um desabafo! Talvez seja o texto mais sincero que eu tenha publicado aqui.

Esses dias sofri uma espécie de preconceito num grupo só de blogueiras plus size! Sim, existe isso nesse meio, infelizmente. O assunto do grupo era basicamente moda/look do dia/tendências/look do dia/ação entre blogs de moda plus size/look do dia. Ou seja, eu nunca participava! ~ Não to dizendo que sou contra blogueiras de moda ou que esses assuntos não devam ser abordados, pelo contrário, acho importantíssimo e dou o meu apoio à qualquer uma das minhas colegas. Mas voltando, como eu nunca participava desses assuntos, fui questionada sobre o porquê de eu não ser uma blogueira de moda. E mesmo me justificando, fui removida do grupo. Sendo que eu nunca havia pedido para entrar nele! Pois é, me colocaram lá e a partir do momento que eu não me encaixava no padrão do grupo, me baniram. Chega a ser meio contraditório, até!

Mas enfim, o meu post não é pra ficar “metendo o pau” nas meninas que me removeram do grupo e sim para justificar o porquê eu não falo sobre moda! Além delas, muitas outras pessoas já me questionaram isso. E agora vejo a importância de me posicionar publicamente sobre tal questão.

Eu não sei de onde vem a ideia de que é obrigatório falar sobre moda quando se tem um blog voltado para o público plus size. Entendo perfeitamente a carência que esse segmento tem quando o assunto é moda, porém há outras formas de contribuir com as gordas. Foi pensando dessa forma que eu decidi não voltar o meu blog para o tema Moda Plus Size. Até porque já existem muitas outras blogueiras, muito mais qualificadas do que eu para falar desse assunto. Eu confesso que não sou uma mulher ligada à moda e às tendências do momento. Sempre fui mais despojada e sempre procurei vestir aquilo que me deixava feliz, estando na moda ou não. E para abordar esse tema num blog é preciso ter domínio do assunto e, principalmente, gostar de falar sobre isso. O que não é o meu caso!

Pois bem… dito isso, já foi dito tudo!

Quando eu criei o blog, há 4 anos atrás, eu sempre optei por enfatizar as questões comportamentais das mulheres gordas. E foi em cima dessa abordagem que definiu-se o público do ILoveGordinhas.Com. A maioria das minhas leitoras já conhecem a minha forma de escrever e conversar sobre temas relacionados ao comportamento feminino, relacionamentos, sexo, saúde mental, preconceito, entre outros. Tem muita gente focada somente na moda, que se esquecem que as gordas também querem ser ouvidas, também querem desabafar, também precisam de conselhos e apoio moral. E é aí que eu entro!

Para mim, não há nada mais prazeroso e gratificante do que ler um e-mail de uma leitora me agradecendo por tê-la ajudado a superar uma fase ruim, ou uma mensagem de um leitor dizendo o quanto eu ajudo a esposa dele em seu processo de aceitação, ou uma mensagem anônima de alguém dizendo que, indiretamente, eu a ajudei a desistir da ideia de suicídio. É isso o que me motiva a continuar com esse blog! A minha missão é simplesmente ajudá-los a se encontrar nesse caos que está a vida de vocês. É para isso que eu estou aqui. E não para ensiná-las a se vestirem iguais a mim, postar a roupa da marca x que estou usando hoje ou o vestido que fará sucesso no próximo verão. Essa parte eu deixo para outras blogueiras, tão importantes quanto eu no segmento plus size.

O meu intuito é ajudar vocês em diversas coisas, desde que não seja moda! Vocês podem ver que aqui no blog eu já falei sobre cabelos, piercings e batons, pois recebi muitas perguntas sobre o que eu uso. Claro que se vocês perguntarem aonde eu comprei a camiseta que eu estava vestida na foto que eu postei, eu direi sem problema algum! O que eu não quero que vocês esperem de mim são textos e posts cheios de dicas de moda! Eu não tenho vocação pra isso, gente! Sério! Podem me julgar e dizer que sou uma blogueira de m*rda! Mas essa é a mais pura verdade!

Agora se vocês quiserem conversar, desabafar ou se precisarem de conselhos sobre o relacionamento de vocês, dicas de sexo, autoestima e aceitação, podem vir correndo falar comigo! Farei o possível para ajudar todo mundo, com sensatez. Ouvir e ter empatia são dons que me foram concedidos, e tenho o maior prazer em usá-los a favor de vocês. Não é por acaso que escolhi a Psicologia como profissão.

Resumindo, eu não presto pra postar look do dia e te ajudar a se vestir bem. Eu presto pra te ajudar a cuidar do seu interior e se libertar para ser a mulher que você quer ser, estando na moda ou não. Nada mais lindo do que andar vestida de autoestima, não é mesmo?!

Aliás, já pensou se amor próprio virasse moda?😉

Um bêjo e um xêro,

Aline Spitzer
ME SIGA NAS REDES SOCIAIS:
social_facebook_box_blue https://www.facebook.com/spitzeraline/
instagram 
@srta.spitzer
black-twitter-logo-transparent @linespitzer

 

Minha Saga Ruiva – Parte II | por Aline Spitzer

minha saga ruiva

Vorrrrrrtei, meu povo e minha pova!!!

Já faz um tempinho que coloquei aqui a Parte I da minha saga ruiva! Então, vamos prosseguir e ver a segunda etapa da minha busca pelo ruivo perfeito.

Como eu disse, não tenho foto de tudo, pois não tinha a intenção de mostrar o passo a passo para vocês. Mas como muita gente me pediu, resolvi fazer mesmo sem as fotos de todas as etapas!

Nessa segunda fase, eu voltei ao cabeleireiro (o mesmo da primeira etapa) e descolori novamente o cabelo! Pois é! Como vocês viram na Parte I, eu já havia feito algumas descolorações, porém o meu cabelo não clareou quase nada e também não aguentaria mais agressões naquele dia! Esperei o intervalo de 15 dias para voltar ao salão… foi então que fizemos mais uma descoloração!

IMG-20160119-WA0004IMG-20160119-WA0007

 

 

 

 

 

 

 

Olha a cor que tava o meu cabelinho! Tava escuro ainda, e tinha muuuuuuuito pigmento preto nele.
Foi feita a descoloração no comprimento do cabelo e depois na raiz!

(Não reparem na minha cara de babaca na foto! hahaha)

Fiquei hoooooras sentada ali! Depois fiz uma reconstrução para dar uma recuperada nos fios! Descolorir agride demais o cabelo, portanto, façam com um profissional de confiança, para não dar nenhum B.O. Como eu disse no post anterior, eu sempre recorro ao Luiz Moreira, que é o melhor cabeleireiro daqui de
Osasco!

Stoick_alright_then_editDepois da reconstrução, ele aplicou a coloração, que eu não sei qual foi! Mas o meu cabelo deu uma boa clareada, porém, ainda não era o tom que eu queria! Além disso, meus fios ficaram bem danificados por conta da descoloração. Com chapinha ele ficava bonito e disfarçava bem os fios danificados, mas quando eu lavava e deixava secar naturalmente, ficava parecendo a barba do pai do Soluço (foto), do filme Como Treinar o Seu Dragão! hahaha triste né?!😦

O cabeleireiro me indicou uma máscara de reconstrução à base de queratina para eu usar e recuperar o meu cabelinho! Era baratinha e comprei no mesmo dia! É essa daqui, olha:

Mascara-de-Tratamento-Sfera-Profissional-Queratina-1000g-11275.04Ela custou 32 reais, na loja Ikesaki! É um produto barato, rende muito e o resultado é muito bom! Em breve farei uma resenha sobre ela para vocês conhecerem melhor! Mas eu recomendo com força para quem está com o cabelo bem danificado como o meu estava!

Lembrando que isso foi só o início de tudo… aprendi a ter muita paciência, pois não foi fácil chegar no tom que eu estou hoje!

Por fim, vou mostrar a foto do meu cabelo depois dessa segunda etapa:

TCHARAMMMMMMM!

12800170_1008058559287068_4750842558059830806_n

Ficou um ruivinho escuro, mas beeeem bacaninha, melhor do que estava! Na Parte 3, vai dar uma boooooa melhorada, vocês vão ver! Semana que vem já posto aqui!

Por hoje é só, migas! Espero ter ajudado de alguma forma. Qualquer dúvida, podem comentar aqui embaixo que eu vou responder o mais rápido possível! Aguardem o próximo post sobre a Minha Saga Ruiva – Parte III…

Um bêjo e um xêro,

Aline Spitzer
ME SIGA NAS REDES SOCIAIS:
social_facebook_box_blue https://www.facebook.com/spitzeraline/
instagram 
@srta.spitzer
black-twitter-logo-transparent @linespitzer

Divã da Aline: “Tenho vergonha dos meus seios flácidos e caídos! Como lidar?” | Divida Seu Peso Comigo

11148598_891189740951759_1863459432335453498_n

Oi, gente cheirosa!

Consegui um tempo para escrever aqui, peço desculpas pela demora! Estou cheia de textos atrasados, mas até semana que vem consigo postar todos!

Hoje vamos conversar sobre um e-mail que recebi:

“Oi, Aline. Antes de mais nada, gostaria de parabeniza-la por ter uma visão tão leve sobre determinados assuntos. Quando estamos bem com nós mesmos, deixamos transparecer para outras pessoas e isso é muito bom.

Gostaria de sua ajuda. Eu emagreci mais de 30kg quando entrei pra academia e fiz dieta (fiz isso pq não estava feliz com meu corpo). Sinto-me mais atraente e os caras olham, mas com a perda de peso, meus seios ficaram flácidos e caídos e não quero fazer cirurgia no momento (outras prioridades). Eu gosto muito de sexo, mas não consigo sair com os caras pq fico com vergonha dos meus seios. Na posição por cima, por exemplo, que é muito prazeroso por sinal, os seios não ficam atraentes.

Como posso lidar com isso?

Desde já, obrigada pela atenção. Parabéns e sucesso!”

Minha linda, muito obrigada pelo carinho e reconhecimento. Fico muito feliz por receber tais palavras! Espero poder te ajudar de alguma forma.

Vamos lá! Eu poderia dizer aqui que é pura besteira da sua cabeça ficar incomodada com seus seios e blá blá blá. Mas, como mulher, eu sei que não é tão simples entendermos isso e externarmos autoconfiança quando ainda achamos que algo está errado com o nosso corpo. Acontece que, na maioria das vezes, não está bom para nós mesmas, apenas. Você mesma disse que se sente atraente e os caras olham, não é?! Por que você acha que essa atração vai acabar no momento em que você tirar o sutiã? Pare um pouco de pensar no que vão pensar ao verem seus seios flácidos e caídos. Essa neura pode estragar o que realmente importa: o seu prazer. Homens gostam mesmo é de ver a mulher desfrutando cada momento, sentindo prazeres absurdamente deliciosos, sem se preocupar com detalhes. 

Além do mais, quando a gente está complexada com algo, o outro acaba reparando muito mais naquilo que estamos tentando esconder, pois ele verá nosso incômodo! Seria como falar “Nossa! Olha o tamanho dessa mancha na minha barriga!”, ou nem falar nada mas sempre ficar olhando pra ela e pedindo para que a pessoa não olhe. Isso dá efeito contrário, sabia? Porque se você se importa, a chance da outra pessoa se importar também aumenta consideravelmente. Portanto, você precisa desencanar! Se ele perceber que você está confiante e decidida, ele vai acabar te admirando mais ainda e com certeza o sexo será muito melhor do que se você se mostrar incomodada/preocupada. E isso sim eles percebem! Ele pode nem reparar que seus seios estão caídos, mas vai reparar que você não está solta o suficiente e começará a tentar entender o porquê. Aí sim ele pode reparar naquilo que você está tentando esconder.

Mesmo que isso tudo que eu tenha dito não faça sentido nenhum para você nesse momento. A dica é buscar outras posições que te favoreçam, nesse caso. Deitada de barriga pra cima pode ser uma boa opção, pois os seios ficam mais espalhados e você também pode segurá-los e pode estimular a si mesma; posições em que você fica de costas pra ele também podem ser ótimas, inclusive com você por cima.  Não tenha vergonha de testar posições sozinha no seu quarto, fique na frente de um espelho e se admire em posições diferentes para ver qual te agrada mais.
Outra sugestão é usar uma lingerie linda! Homens também gostam de transar com uma mulher vestida com uma lingerie beeeem sexy. Nada que um sutiã com aro não resolva… você pode até descer ele um pouco, sem tirá-lo! Os seios ficarão à mostra, porém o aro estará lá para dar a sustentação necessária!

De qualquer forma, eu acho desnecessário você se privar de sentir prazer por ceder à pressão de estar sob o olhar do outro. Você emagreceu com saúde e está se sentindo bem e bonita, apesar da insatisfação com os seios. Mas por que não tentar sentir prazer com eles da forma que estão? Nós, gordinhas, geralmente já temos seios avantajados e naturalmente caídos, por questão de peso. Quando emagrecemos, a tendência é a flacidez, isso é totalmente normal e nao deixa de ser lindo! Mesmo que você faça a cirurgia depois, aprenda a amar seu corpo como ele está agora! Seios moles e caídos também são dignos de tesão! Você precisa enxergá-los como fonte de prazer também. Podem estar flácidos, mas ainda podem ser estimulados! E não há nada mais gostoso do que sentir e demonstrar tesão pelo próprio corpo na hora do sexo! Homens adoram ver que a mulher conhece o próprio corpo e sabe como deve ser estimulada! Se você aprender a se desejar e se amar por completo, incluindo os seios, o outro te desejará da mesma forma!

Eu sempre digo que autoestima vem de dentro e não de fora! Não é a outra pessoa que vai te dizer o quanto você é gostosa e maravilhosa, é você mesma! A partir do momento em que você se olhar no espelho e ver que cada pedaço do seu corpo é uma delícia, ninguém poderá dizer o contrário… e mesmo que digam, isso não vai te abalar!

Pense nisso tudo, por favor! Não se prive e não se entregue de bandeja aos padrões!

Um beijo e seja feliz!

Por hoje é só, gente.

Lembrando que eu ainda não sou formada em Psicologia, estou em meu último ano. Mas tudo o que escrevo aqui para vocês tem base psicológica. Não estou utilizando discursos manjados de auto-ajuda apenas para consolar vocês momentaneamente.

*A minha ajuda não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.*

Quem quiser me mandar perguntas, ou apenas desabafar, clique aqui. Responderei em forma de post todas as mensagens que me enviarem, sempre mantendo sigilo absoluto. :X

Um beijo e até a próxima!

Aline Spitzer
ME SIGA NAS REDES SOCIAIS:
social_facebook_box_blue https://www.facebook.com/spitzeraline/
instagram 
@srta.spitzer
black-twitter-logo-transparent @linespitzer

Ponto GG: Como Dominar Um Homem | Dicas de Sexo para Gordinhas

DSC00422

Algumas migas me pediram um post dando dicas de como dominar um homem na cama. Bom, vamos lá então!

Primeiramente, você precisa saber se o cara tá afim de ser dominado, ok?! Não basta só você querer. Tem que ser algo gostoso para os dois. Se em algum momento ele já demonstrou que quer, tire a dúvida e pergunte à ele, para evitar mal entendido. Sei que nem sempre é tão fácil fazer esse tipo de pergunta, mas seja direta! Se ele disser que sim, prossiga. rs

Agora, outra pergunta: do que ele gosta na hora H, além de apenas ser dominado? Existem muitas definições de dominação e vários outros fetiches relacionados, incluindo pés, sexo anal (dar ou receber, fio terra, beijo grego e penetração), tapas, amarras, couro, humilhação, travestismo, etc. Alguns homens gostam de punição física, enquanto outros preferem ser punidos emocionalmente. Outros homens apenas querem servir a uma mulher e receberem recompensas apenas quando agem de maneira correta. Alguns realmente querem ser machucados, enquanto outros querem apenas a ilusão. Descobrir os prazeres exclusivos dele (e seus!) é muito importante para que seja prazeroso para vocês. Afinal, o objetivo da dominação é satisfazer fantasias e prazeres!

Antes de tudo, não julgue os fetiches dele! Se nem todos te agradam, determine quais entrarão na relação. Todo mundo tem limites, saiba os seus e descubra os dele! A intenção é causar prazer, não pânico! Outra coisa importante é a confiança! A ideia de perguntar a ele pode ser embaraçosa se vocês não tiverem confiança e intimidade suficientes. Se você não consegue falar com ele, você não está pronta para dominá-lo. Apenas pense nisso como uma das conversas mais sensuais que você já teve. Honestamente, se ele tem fantasias sobre ser amarrado, perguntar a ele sobre como ele quer ser amarrado não vai fazer nada além de dar foco à fantasia. Ele vai te agradecer muito por isso!

Dominação é um pouco sobre poder físico e um pouco sobre a percepção de ser dominado. A ilusão de estar completamente desamparado é um dos motivos principais do porquê ser dominado é tão sensual. Ele nunca vai estar completamente desamparado devido à palavra de segurança (já vou explicar isso), mas é seu trabalho alimentar a ilusão. Faz parte do jogo de dominação!

SEGURANÇA

A questão de sexo seguro aqui é sobre a palavra de segurança. Escolha uma palavra que nunca será mencionada como parte da diversão quente, suada e dominadora. Ou seja, não escolha “não” ou “pare” ou “você está me machucando”. Essas coisas podem ser ditas para tornar o jogo mais realista. Pegue algo completamente fora de contexto como o fabricante do seu carro, seu músico favorito ou “Paralelepípedo.” Basta garantir que a palavra não seja confundida com nada além do desejo de parar tudo que esteja acontecendo.

É aqui que a confiança tem um papel fundamental. Você deve confiar nele o bastante para dizer a palavra quando achar necessário, e ele deve confiar em você o bastante de forma que tenha certeza de que você vai parar quando ele disser a palavra. Não importa o quê, todos devem parar quando essa palavra é dita, já que isso significa que não está confortável. Discuta o porquê da palavra ter sido dita. Apenas porque ele não está confortável com uma coisa, não quer dizer que ele não vá querer tentar outras vezes, nem que você deve parar de dominá-lo.

Agora vamos ao que interessa!

Relaxe. Ele, com certeza, estará muito excitado por você realizar essa fantasia dele, então, você não precisa ser uma especialista. É apenas um jogo de interpretação, e deve ser divertido e sensual. Se você tem medo de que na hora vocês comecem a rir e não levarem a sério, prestem atenção nessas duas coisas:

  1. É um jogo de interpretação, certo? Isso significa que você literalmente interpreta um papel. Você pode ser uma dominatrix como faria em uma peça de teatro ou você pode ser outra pessoa! Deixe-se levar.
  2. Ele quer que você faça isso para o prazer dele. Realizar uma fantasia dele é uma das coisas mais sensuais e de mais intimidade que um parceiro pode fazer pelo outro. Não vai ser tão engraçado assim que você ver o fogo nos olhos dele.

A maioria dos homens também gostam de ouvir uma mulher falar enquanto estão sendo dominados. Você pode começar devagar com sussurros sobre como ele não pode se mover, como ele está proibido de te tocar, como ele não pode fazer nada além de esperar que você o toque. Isso vai enlouquecer ainda mais o moço! Acredite!

O melhor conselho para saber como dominar um homem na cama é prestar atenção nas reações dele. Não é apenas excitante observar um homem ficar excitado, mas isso vai dizer o que ele gosta e o que você pode fazer para satisfazer os desejos dele na hora H. Por exemplo, vamos dizer que você está segurando os braços dele enquanto o cavalga… Se ele está se debatendo para beijá-la, observe: ele quer beijá-la. Então o que é sensual e dominador nessa situação? Fazer com que ele espere por isso. Diga a ele que ele não pode beijá-la ainda. Então, para provar seu poder e testar a obediência dele, abaixe-se bem perto até ele poder sentir sua respiração nos lábios. Você pode até tocar sua língua em cada um dos cantos da boca dele para provocar ainda mais. Qualquer coisa que faça-o ficar ainda mais louco e com vontade de te beijar. Faça-o esperar e mostrar obediência! Se ele desobedecer e tentar beijá-la, afaste-se. Puna-o da maneira que achar melhor. Afirme seu poder! Ouça como a respiração dele fica ofegante, a maneira como ele força seus braços que estão o segurando, e gemido baixo no fundo da garganta dele. Isso é super sexy e demonstra o quanto ele está amando tudo isso. E quando finalmente você deixar que ele te beije, será o beijo de um homem faminto. Muito bom, né?!

Outro exemplo: Vamos dizer que ele ama fazer sexo oral. Coloque suas pernas de cada lado da cabeça dele e fique pouco acima de seu rosto enquanto você se penetra com seus dedos. Ele não vai poder te tocar, nem fazer nada, a não ser te observar, te cheirar, e sentir seu calor. Além de tudo, isso não é nada mau para você. Você está se tocando da maneira que quer! Se ele quiser te tocar e te chupar, faça-o implorar! Você está no comando! E quando estiver pronta, deixe-o matar a vontade o quanto vocês quiserem. Ele pensa que está sendo recompensando, mas se ele te lambe até você gozar, quem é que está sendo recompensada de verdade?😉

O BENEFÍCIO DE DOMINAR O SEU HOMEM

Além de ser a melhor parceira de todos os tempos por realizar as fantasias dele, você vai se sentir mais sexy que nunca. Tudo é mais quente e mais íntimo. Mas aqui está a cerejinha do bolo: é a melhor maneira de ensiná-lo exatamente como te dar prazer. Está se perguntando como? Bem, a maioria dos homens que gosta de ser dominado também gosta que digam o que ele deve fazer. Eles acham extremamente sensual tocá-la quando você disser. Maravilha né?!

Vamos dizer que você quer que ele massageie mais o seu clitóris antes de colocar os dedos dentro de você. Bem, como a dominatrix dele, você pode se deitar com as pernas abertas, colocá-lo de joelho entre suas pernas e instruí-lo exatamente sobre o que deve fazer. Não transforme isso em um “como fazer”. Faça exigências. Lembre-se de “mandar” ele fazer as coisas e controlar cada uma de suas ações da maneira que achar mais sensual.

Depois diga coisas a ele como: “você pode me tocar bem aí”, “Vou deixar você me tocar por fora, de baixo para cima, devagar”, “Se você não fizer devagar o bastante, você não vai poder fazer novamente”. Ele estará no paraíso, pois ele vai poder te tocar e ser dominado ao mesmo tempo. Você também estará no paraíso, pois receberá exatamente o que quer. Quando você é a dominatrix, construa frases da maneira correta (eu te permito que… eu deixo você fazer… você deve… faça… agora…) e vocês dois vão conseguir o que querem. Descubra palavras que vão enlouquecer o seu homem, e você poderá ensiná-lo tudo que quiser. Se você gozar forte o bastante, ele vai se lembrar do que fez e fará novamente nas próximas vezes!

Dominação é provocação! Negue a ele exatamente o que você quer até ele não aguentar mais, esta é uma maneira extremamente erótica de como dominar um homem. Mas lembre-se: não é necessariamente provocar, porque você o recompensa (não o provoque sem recompensá-lo, isso é pura maldade). Esse tipo de provocação trata-se apenas de prolongar o prazer para torná-lo mais forte. Preste atenção: isso é sobre sensação, intimidade e a ilusão do poder. O resto se arranja por si mesmo!

E TEM ROUPA PRA ISSO?

Normalmente, homens são criaturas visuais. Isso pode realmente ser uma vantagem para você no mundo da dominação. Quando homens se imaginam dominados, eles quase sempre imaginam um traje. Se ele não te disse a roupa preferida de ‘dominatrix’ dele, não se preocupe.

Cores escuras implicam severidade, o que é essencial para a ilusão da dominação. É difícil parecer forte e dominadora usando rosa bebê. Vermelho, azul royal, prata e roxo escuro funcionam bem! Mas o mais popular de longe é o preto. Você pode misturar e experimentar com preto e outra cor escura. O mais importante é usar algo que faça você se sentir absolutamente sexy!

Mostrar um pouco de pele. Homens adoram o visual, lembra? Vá em frente e mostre-se para ele. Não se preocupe sobre seu corpo e suas gordurinhas. Lembre-se, ele está se submetendo a você porque ele quer, porque te acha sexy e porque ele quer ver seu corpo tomando controle sobre o dele! Ele vai adorar ver seus braços nus, seu fio dental, sua saia curta, sua barriga de fora, o que você decidir. Pense nisso como mais pele nua para esfregar contra a dele.😉

Algumas das texturas mais populares em dominação são couro, látex, seda, cetim, renda e metal. Misturá-los pode ser muito divertido. Botas de couro juntas a calcinhas de cetim e um top de látex… cada um causa uma sensação diferente quando esfregado contra a pele dele, seus lábios, língua, etc.

Por fim, não se esqueça dos fetiches dele! Se ele tem um fetiche por pés, gaste mais tempo (e talvez mais dinheiro) escolhendo sapatos perfeitos. Se ele tem um fetiche anal, use algo que mostre sua bunda. Se ele tem um fetiche de palmadas, use anéis brilhantes e pinte suas unhas de vermelho vivo. Certifique-se de se concentrar no fetiche dele para inundar seu cérebro com seu próprio desejo!

É isso, amigas! Espero ter ajudado…

Você e seu parceiro já experimentaram algum tipo de dominação? Se não, você acredita que ele toparia, e você conseguiria fazer? Me contem! Comente abaixo.

Beijo da Spitz!

Aline Spitzer
ME SIGA NAS REDES SOCIAIS:
social_facebook_box_blue https://www.facebook.com/spitzeraline/
instagram 
@srta.spitzer
black-twitter-logo-transparent @linespitzer

Adaptação/Fonte: Irresistível.

InspiraSize: Ruby Roxx | por Aline Spitzer

Vamos ao 4° #InspiraSize do blog!

Quero lembrar que as modelos que posto aqui nem sempre são “gordas de verdade”, como reclamaram para mim esses dias. Posto aqui as mulheres do meio PLUS SIZE que me inspiram, não pelo corpo e sim pela atitude e representatividade. E acho bem ridículo essa guerra desnecessária entre “gordas de verdade” x “gordas de mentira”. Só pra constar. Mas isso é conversa para um outro post. Vamos ao que interessa agora:

Ruby Roxx é uma modelo de Vancouver. Ela é especializada em Pin Up, Vintage, Glamour, Moda, Lingerie, Catálogos e Modelação Alternativa.

Ela teve a oportunidade de trabalhar com muitos fotógrafos locais e internacionais talentosos e tem sido destaque em campanhas de publicidade a tais empresas como o salão de beleza Colour Box, Cherry Velvet Plus, Forever After Bridal Brooch Bouquets, Coquette Lingerie, MitMunk Designs, Orchard Corset, Deadly Couture Latex, Shiverz Designs e o restaurante The Pourhouse. Referida como “uma inspiração para todas as mulheres do planeta”, Ruby tenta permanecer fiel ao manter uma imagem corporal saudável e feliz. Ela realmente acredita que a beleza não é determinada por um número na balança, ou um vestido tamanho x, mas é, na verdade, um estado de espírito. Todas as mulheres são bonitas, independentemente da sua forma ou tamanho, e Ruby espera ajudar todo mundo perceber isso.

Rubi esteve recentemente na mídia por sua luta contra hater/valentões cibernéticos. Depois de uma página gordofóbica do Facebook alterar sua imagem para parecer mais magra, Ruby lutou em seu blog e conseguiu derrubar a página, enquanto recebia a atenção da mídia, sendo destaque no Good Morning America, Buzz Feed, The Huffington Post, e muitas mais.

Quem quiser conhecê-la e se inspirar também é só acessar o site Ruby Roxx Model. Lá vocês poderão ver um pouco do trabalho incrível dessa mulher maravilhosa. Sou fã!

Vou mostrar algumas fotos da musa:

 

6102585_orig

6932573_orig

9722967_orig

6258064_orig

4859533_orig

4146310_orig

9269937_orig

Aposto que também se apaixonaram pela Ruby né!! rsrsrs

MA – RA – VI – LHO – SA!!! ♥

Vocês têm alguma musa? Contem pra mim… :)

Até a próxima!

Beijo da Spitz!

Aline Spitzer
ME SIGA NAS REDES SOCIAIS:
social_facebook_box_blue https://www.facebook.com/spitzeraline/
instagram 
@srta.spitzer
black-twitter-logo-transparent @linespitzer

 

Divã da Aline: Faça a Cleópatra! | Divida Seu Peso Comigo

7997200001_2d291760c1_b

Oi, meu povo e minha pova!

Quero, primeiramente, agradecer a todos que estão enviando e-mails e mensagens me pedindo ajuda! Fico muito feliz por saber que vocês confiam em mim e farei o possível para ajudar. Só peço que tenham paciência, pois demoro um pouquinho… mas responderei a todos!

Vamos a pergunta de hoje:

“Oi linda eu preciso de um conselho…
Eu tenho um namorado que eu amo bastante sabe, só que as vezes ele pega no pé com coisas bobas, como meu corpo. Só que de uns meses pra cá, ele tá mudado pra caramba.
Ele muda de humor e do nada sai do WhatsApp, como se estivesse bravo e nem fala comigo como antes… gostaria de saber o que eu faço: ignoro ou converso?”

Amiga, se ele pega no seu pé por causa do seu corpo é porque ele não te ama! É isso mesmo. Uma coisa é ele se preocupar com você e querer o seu melhor, outra coisa é ele ficar pegando no seu pé e te colocando para baixo, principalmente, por conta do seu corpo. Enquanto ele tá ai te criticando, tem muitos outros te desejando como você é.

Ele está sendo cruel e covarde, porque se ele realmente não gostasse do seu corpo, ele não estaria com você. Mas sabe o que eu acho? Que ele que se acha pouca coisa, incapaz de arranjar outra mulher, e às vezes tem um sentimento de posse maior do que você imagina, e aí o que ele faz? Te ridiculariza, te faz sentir para baixo, enquanto, na verdade, quem sofre de baixa autoestima é ELE. Mas para quê fazer isso? Para você achar que ele está fazendo uma “caridade em estar contigo” e nunca mais o largar, porque afinal de contas, uma pessoa covarde e com baixa autoestima tende a puxar o tapete alheio ao invés de tentar ele mesmo mudar e sair por cima.

Quer um conselho, amora? Procure pessoas que te achem bonita e te façam bem. Se possível, tire fotos bonitas, coloque no Facebook (lá no grupo do blog rsrs) ou em outra rede social só para que as pessoas que gostam de você te vejam, te elogiem. Essa atitude pode parecer infantil, mas que fará um bem danado para o ego de uma mulher que está se sentindo para baixo!!! Eu trocaria inclusive de namorado: ninguém merece uma pessoa cruel dessas que não te dá atenção, que vive sumindo e te deixando de lado. 

Você não precisa disso! Você é linda e merece alguém que te ame e queira estar ao seu lado, verdadeiramente. E não alguém que te trata com tanta indiferença assim. Você também precisa acreditar mais na sua capacidade de sedução e na sua beleza, pois quando você confia mais em si mesma, você não deixa um relacionamento chegar nesse ponto, e muito menos deixa homem nenhum tentar apagar o seu brilho. Aprenda a se amar e se respeitar e todos a sua volta farão isso!

Maaaasss, como eu não posso dizer o que você deve fazer com a sua vida, te digo: se decidir ficar com um homem que te trata assim, você já sabe que não deve ir atrás feito uma desesperada. Ignore, espere e cuide de você. Foca no seu bem estar,  e ele vai aparecer em algum momento como quem não quer nada. Mas, como agir quando ele voltar? Sim, afinal, ele fez o que fez, e vai voltar como se nada tivesse acontecido… APRENDA A SER INDIFERENTE TAMBÉM. Saiba o seu valor! Você não é brinquedo na mão de ninguém, e ele precisa entender isso. Quando você passa a ser indiferente, você está quebrando a regra dele e estabelecendo a sua regra. Está dizendo com sua atitude: “Sinto muito, meu filho. Agora eu me valorizo, e neste corpo gordo aqui você não tem mais acesso fácil”. Sua indiferença é vista como autoconfiança. Você não gagueja mais, não treme, não fica nervosa, não deixa nenhuma emoção transparecer… (até pode sentir tudo isso, mas se controla).

Ele vai querer fazer de tudo para obter alguma reação sua (simpatia, carinho, ironia, raiva e até mesmo xingamentos), é uma questão de honra! Mas se você continuar firme, e resolver dar o mínimo de atenção para ele, não perguntar nada, não buscar saber nada da vida dele, nem falar da sua vida, conversar pouco, responder diretamente e sair logo da conversa, educadamente indo embora, eu te garanto: Ele vai voltar correndo!

Então, se ele sumiu do nada e depois voltou se achando o gostoso, seja indiferente!!! Não seja bobinha. Sei que você o ama muito, mas você precisa se amar em primeiro lugar e parar de colocar o cara em primeiro plano.

De todo modo, na falta do amor próprio, faça a Cleópatra: utilize provisoriamente a indiferença (não é para agir assim pelo resto da vida, ou com todos os homens ok?!).

Ame-se. Respeite-se. E não seja dependente emocional de ninguém. É tudo o que você precisa realmente entender!

Espero ter te ajudado.

Um beijo e seja feliz!

Por hoje é só, gente.

Lembrando que eu ainda não sou formada em Psicologia. Mas tudo o que escrevo aqui para vocês tem base psicológica. Não estou utilizando discursos manjados de auto-ajuda apenas para consolar vocês momentaneamente.

*A minha ajuda não substitui a terapia ou psicoterapia oferecida por um psicólogo.*

Quem quiser me mandar perguntas, ou apenas desabafar, clique aqui. Responderei em forma de post todas as mensagens que me enviarem, sempre mantendo sigilo absoluto. :X

Um beijo e até a próxima!

Aline Spitzer
ME SIGA NAS REDES SOCIAIS:
social_facebook_box_blue https://www.facebook.com/spitzeraline/
instagram 
@srta.spitzer 
black-twitter-logo-transparent @linespitzer

Testosterona: Amor Sem Medidas | Uma Opinião Masculina Sobre as Gordinhas – por Eduardo Lordello

10375130_1517985131750083_6068178448641386059_n

Muito comenta-se sobre estrias, celulites, sardas, dobras e idade…
Marcas de uma vida bem vivida, levanta-se bandeira sobre esta nova forma de beleza.
Tudo mais que perfeito, até aqui.
Contudo, e nós homens?

Mulheres grandes e lindas são um desafio aos homens que curtem este padrão de beleza, afinal, quando estás contra os conceitos, tudo fica diferente….

São notadas em qualquer lugar, e naturalmente, nós, seus esposos/namorados, gostamos de vê-las lindas, maquiadas, bem vestidas, como todas as demais mulheres.
Lindas e exuberantes, chamam atenção (para falarem bem ou mal – tanto faz).
E estar ao lado de vocês exige muita auto confiança, tranquilidade, afinal, existem todos os tipos de comentários, desde os mais educados, aos mais rudes…

Amar uma BBW, fazer dela nossa Diva é fato para poucos homens. Somos sim descritos como loucos, fetichistas, fracos e medrosos demais para termos uma “mulher normal”.
Como seria esta pessoa Normal? Alguém pode informar?

Digo o contrário – Somos homens fortes, decididos que sabemos o que queremos, não escondemos nossa vida e nossa preferência.

Por falar sobre sexo, é engraçado ver pessoas e textos explicando como fazer amor com uma mulher gorda: parece piada mal escrita e mal contada. Sexo é sexo. Ponto final.
Alguns tem prazer com mulheres tão magras, que não se parecem com nada, outros com mulheres fitness, e assim por diante. Estão todos corretos. Cada um com aquela mulher que lhe dá prazer.

Estejam certas de que é um enorme desafio: amar uma linda e exuberante fêmea.
Um orgulho caminhar ao seu lado, e sentir a inveja dos demais, por desejarem estar com nossa amada e não ter a coragem de admitir isto.

Somos sim, privilegiados e felizes.

Estamos com quem amamos, nos dá carinho, atenção, alegria, suporte e muito sexo, cheio de prazer e sedução.

Sinto pena de outros homens, que não tem a coragem suficiente de encarar o mundo, e mostrar a que veio, o que gosta e como é feliz…

E nossa autoestima é enorme, sem medidas.

Eduardo Lordello

 

Minha Saga Ruiva – Parte I | por Aline Spitzer

saga ruiva

Oi, manas!!!

Atendendo a muitos pedidos, vou postar aqui sobre a minha super mudança: do preto azulado ao ruivo! SIM! Sou louca…

Já faz uns 4 meses que estou em busca do ruivo perfeito, mas vou tentar resumir o processo aos pouquinhos pra vocês tá?! O único problema é que não tenho foto de tuuuuudo… porque eu não tinha a intenção de mostrar esse processo de mudança pra vocês (me perdoem!). Mas como vocês pediram, tentarei fazer da melhor forma possível e caso tenham dúvidas, podem perguntar nos comentários que responderei com muito carinho.

Então, vamos lá!

2015-12-05-10-50-27-684Muitas pessoas me diziam que eu ficaria muito bem com os cabelos ruivos porque sou branquela, sardenta e tenho olhos claros. Bobagem! Porque, na minha opinião, qualquer mulher pode ser ruiva se ELA QUISER! Independente do tom de pele, da cor dos olhos, e blablabla. Enfim… Eu A-M-A-V-A o meu cabelão preto, gente! Quem me conhece sabe… Mas, como uma excelente geminiana, eu enjoo das coisinhas que faço. Pra vocês terem uma ideia: sabiam que eu sou loira natural e pintava o cabelo de preto azulado? Pois é. Já me xingaram muito por isso, mas eu sempre procurei fazer o que EU QUERO no meu cabelo, no meu corpo e na minha vida. Não sou obrigada a fazer o que querem que eu faça! Certo? Certo.
Mas voltando… Após 3 anos pintando o cabelinho de preto (veja a foto), um belo dia, a senhorita Spitzer se olha no espelho e fala: “Preciso mudar! Essa minha cara já tá muito manjada! Socorro!”. (Aí vocês devem estar pensando “Essa daí tem problema”. Sim, eu tenho!)
Começou bater aquele mini desespero de já querer sair de casa atrás da tinta pra tacar no picumã. Masssss, sou uma mocinha inteligente, claro… e pensei bem, pesquisei cores e fui falar com o meu cabeleireiro. Ufa!

Chegando lá, ele disse que precisaríamos descolorir o meu cabelo algumas vezes, e tudo dependeria do tom que o meu cabelo abriria! Ou seja, dependíamos da resposta que o meu cabelo daria, para sabermos quanto tempo eu demoraria para ‘enruivar’ de vez!

Esperei uma semana e quase morri de ansiedade (que exagero!). Cheguei no cabeleireiro e já iniciamos os processo de descoloração. Entrei lá às 10h e saí às 21h. :O E mesmo assim não deu o resultado que eu queria.
Ficou assim! >>>>>>>>>022

Vou explicar o porquê: fazia 3 anos que eu pintava o meu cabelo de preto, certo? Mas eu pintava em casa e de forma errada! Sabe por quê? Ao invés de retocar somente a raiz de 15 em 15 dias, eu retocava o cabelo todo. O que isso significa? Que meu cabelo estava lotaaaado de pigmento preto. O correto seria eu retocar a raiz somente, e reavivar o preto do comprimento com tonalizante. Burra né?! Então, a descoloração não foi suficiente para tirar todo o pigmento preto que estava fixado no meu cabelo, precisaria fazer mais descolorações, porém naquele dia o meu cabelo não aguentaria tanta química, pois meu fio é muito fininho.

O ruivo que eu queria chegar era o acobreado e não aquele vermelhão, sabe? Tudo pra dificultar… E a pessoa aqui é ansiosa e apressadinha, quer tudo na hora! Mas ser ruiva tem me ensinado a ser mais paciente. Ao longo dos posts vocês vão perceber isso! Para atingir o tom desejado é preciso ter muita paciência.

Para chegar no ruivo acobreado, eu teria que esperar mais 15 dias, descolorir de novo e aplicar a coloração novamente. Enquanto isso, eu tinha que hidratar o meu cabelo para prepará-lo para repetir o processo químico. Eu confesso que estava morrendo de medo de dar corte químico e já estava quase desistindo de ficar ruiva. Mas permaneci firme na minha decisão.

2016-01-09-11-31-09-328E graças a Deus, pude contar a ajuda do Luiz Moreira, que é o melhor cabeleireiro daqui de Osasco! Sem ele eu teria feito várias cagadas nesse meu cabelinho. Aliás, olha como ele ficou nessa foto que tô de frente <<<<<<<<<

Uó né?! Só dava pra ver uma mancha ruiva… (até chorei esse dia)😦

Masss, aguardei os 15 dias para descolorir de novo e o resultado foi beeeeem melhor! Mas isso, eu vou contar no próximo post, senão esse aqui vai ficar muito longo e vocês não vão continuar lendo que eu sei!😛
Como fiz essas primeiras etapas no salão, eu não sei qual a coloração exata que ele utilizou no meu cabelo, mas a partir da Parte 3, vou conseguir detalhar tudinho pra vocês!

Por hoje é só, migas! Espero ter ajudado de alguma forma. Qualquer dúvida, podem comentar aqui embaixo que eu vou responder o mais rápido possível! Aguardem o próximo post sobre a Minha Saga Ruiva – Parte II…

Um bêjo e um xêro,

Aline Spitzer
ME SIGA NAS REDES SOCIAIS:
social_facebook_box_blue https://www.facebook.com/spitzeraline/
instagram 
@spitzeraline 
black-twitter-logo-transparent @linespitzer

 

 

 

Testosterona: Mulheres Lindas, Gordas e Sexo! – por Eduardo Lordello

11401378_460243727478839_5155260607061060309_n

Cansei-me de ler artigos sobre ” Como as Gordas Praticam Sexo”! Igual a qualquer outra mulher, com muito erotismo, prazer e loucura .

Qual a diferença? O homem que com ela está, porque prefere um corpo grande, farto, cheio de curvas e dobras. Nada contra outro tipo físico qualquer, somente quem segue esta página ama as gordas. “Defeitos” como celulites, estrias, dobras e muita pele nos excitam, nos levam a loucura, na imaginação e na cama. Só isso. Alguns preferem as magras, as super magras, as fitness, as…..nós, amamos as gordas.

Neste exato momento, há muito provavelmente centenas, se não milhares, de gordas praticando sexo, em todo o mundo. Elas estão tendo suas dobrinhas beijadas; suas papadas mordiscadas; sua barriga acariciada.

As gordas têm relações sexuais.

Elas têm realmente incrível prazer por sexo, gratificante. São multiorgásticas e insaciáveis (acreditar no contrário é idiotice pura. Desculpem-me.)

Outro muito é sobre posições sexuais: Sigam seu instinto, prazer e fantasia. Não existe limite, além de sua cabeça e imaginação. O peso só é importante para quem deseja uma mulher grande, o resto é conversa tola. Ele nada impede, ao contrário, só aumenta a sensação e tesão. Tudo é uma questão de preferência, daquilo que te excita.

Não tem ideia, do quanto uma “sentada na cara“ dá prazer ao homem. Por exemplo, ver “A Mulher“ encaixar nossa face entre suas pernas, olhar a pepeca absorvendo nossa boca, sentir a mão nos masturbando, com o peso sobre nossos corpos, é celestial . Se o homem der a sorte de ter uma fêmea que ejacula, aí é o Nirvana. Entendam que: olhar a barriga, coxas, púbis, seios grandes, é tudo que um admirador de gordas sonha. Deixe o seu amante fartar-se em sua pele, em suas dobras – seja uma Ninfa, cubra-se com leite condensado, mel, sorvete, amasse uma fruta e deixe seu suco escorrer por seu corpo e permita-o saboreá-la com a língua. Escolham a guloseima, de acordo com a cor de sua pele – o contraste é tudo… Não calculam a sensação de uma coxa grossa, uma barriga, seios deslizando sobre nossa pele, umedecidas com seu prazer. Penetração não é tudo. Uma gorda tem muito mais pele, este sim, o maior órgão sexual, assim, a exploração, o visual , a sensação é de total loucura, êxtase e prazeres intensos. O resto, é consequência.

Sim. Gordas praticam, adoram e são loucas por sexo de qualidade.

Eduardo Lordello